Tradutor/Translator

26 de jun de 2008

Mística do mundo

Se existir de fato um mundo espiritual, lastimo ser tão ignorante a seu respeito e imagino que o resto da humanidade, também. Esperava que, pelo menos, esse misterioso lugar tivesse uma caixa postal ou e-mail, mas, pensando melhor, talvez isso tirasse todo o seu encanto.
Quanto a nós, do lado das coisas materiais, obrigados a respeitar a Lei da gravidade, entre outras tantas, decepciona ao extremo as tentativas de tornar-nos menos animais, sendo que, não perdemos primeiro, a própria animalidade e é demasiado desnecessário relatar algum exemplo disso. Os meios de comunicação já o fazem em exaustão.
Na verdade, estamos tentando explicar alguma coisa desde que nos apoiamos em dois pés. Apenas alguns “iluminados” conseguiram atravessar esse labirinto, mas infelizmente, nos deixaram apenas brumas como bússola. Sendo assim, continuamos com nossas dúvidas. Nem milhares de relatos sobre esse Mundo espiritual podem nos dar completa certeza de que ele exista. Apenas intuímos. E nessa intuição, nos perdemos e caímos em muitos contos de fadas, vigário e lendas.
Já estamos sedentos de idéias novas, porém, parece que os gênios por detrás delas são em quantidade racionada e só aparecem de século em século.
Enquanto isso, vivemos como podemos. Inventando todos os dias ao amanhecer, razões para continuar a batalha. Nos divertimos como podemos, sofremos, filosofamos e competimos com nosso semelhante pelo pão do dia seguinte, na difícil tarefa de sobreviver sem nenhum sentido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua vez, aproveite.