Tradutor/Translator

25 de jul de 2008

Uma mensagem tua


Eu odeio olhar mil e quinhentas vezes por dia minha caixa postal à procura de mensagens tua Eu odeio pensar que por mais que me esforce em fazer o tempo passar é justamente ele que gostaria de retroceder - e congelar Eu odeio ouvir, ler, ter, estar, permanecer, ficar nesse estado de idiotismo absurdo e não conseguir fazer nada à respeito, a não ser, esperar mensagem tua Eu odeio chegar sempre à mesma conclusão de que realmente não há nenhum motivo especial nem nada de surpreendente em torno, dentro e fora da tua pessoa e no entanto, mesmo assim e continuamente, espero mensagem-pessoa a todo instante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua vez, aproveite.