Tradutor/Translator

11 de abr de 2009

Frases sublinhadas

Sempre gostei de livros usados. Sebos me parecem mais interessantes do que essas livrarias em shoppings, com cheiro de plástico e identificador de código de barras. Gosto mesmo é do cheiro de papel gasto, enrugado, machucado pelo tempo. De sentar num pequeno banco em frente à prateleiras empoeiradas e dedilhar títulos, nomes e sobrenomes. Folhear e ver em algumas páginas, aquelas palavras sublinhadas por alguém que eu nunca vi, mas que um dia, teve aquele mesmo livro em suas mãos e sentiu cada letra tocar lá no fundo. Em vista disso, resolvi colocar aqui, algumas frases sublinhadas por mim, em meus livros. Lamento não ter registrado algumas de livros emprestados da biblioteca. Voilá!

"Fazia com que prometesse que não me abandonaria. Vinte vezes essa promessa de amante. Era tão superficial quanto eu lhe dizendo: Te entendo." Delírios, Uma temporada no inferno de Arthur Rimbaud

"Certas situações resistem ao molde da escrita - não há palavras que calquem na mente do leitor o horror maior da realidade vivida." O relato de Arthur Gordon Pym, Edgar Allan Poe

"Mais de uma vez me embebedei, minhas paixões nunca estiveram longe da demência, e não me arrependi de nenhuma das coisas que fiz, pois graças a elas pude compreender, por experiência própria, como todos os homens extraordinários que levaram a cabo alguma coisa grande, alguma coisa reputada impossível, desde sempre foram declarados ébrios dementes." Os sofrimentos do jovem Werther, Johann Wolfgang Goethe

Continua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua vez, aproveite.